POR SÉCULOS ME FIZESTES ESPERAR! OK
POR SÉCULOS ME FIZESTES ESPERAR! OK

 As imagens usadas neste site foram tiradas da net sem autoria das mesmas.

Caso alguém conheça o autor das imagens, agradeceremos se nos for comunicado,

para que possamos conferir os devidos créditos.

Grata<>Maju

 

  POR SÉCULOS ME FIZESTES ESPERAR

  Em noites de lua cheia,

quando a Terra de prata se cobrir,

e a primeira estrela no céu surgir,

Peço-te; Lembra-te de mim...

 

Estarei a te espreitar

quando o primeiro raio de luar te alcançar...

No suave perfume da flor silvestre

ou no aroma do jasmim, achegas-te a mim!

 

Sou aquele cavaleiro solitário,

que em teus braços um dia o luar prometeu

mas, que partiu e a promessa não cumpriu...

Então volta na escura madrugada

a teus braços de lançar...

Lembrar-te que em minha mente,

estás sempre presente...

 

Recordo...

O salão iluminado...

O sarau começado... Fui te buscar...

Em um canto do salão te procurei em vão...

Tu, lá não estava...

 

Entre damas conversavas e não me notavas...

Porque isto amor, se em ti sempre pensei

e meu amor te entreguei!

Na hora marcada do encontro combinado, tudo esquecestes!

 Te esperei...

 

E no jardim, muitas flores sentiram o amor que ia em mim...

Mas de todas me afastei...

Várias despetalei, pois no meu peito arfante,

a espera era angustiante...

 

Por séculos me fizestes esperar...

 

Lívio, Um Anjo Poeta

  Psicografia: Maju

CopyrightMaju<>Todos os Direitos Reservados

 LIVRO DE VISITAS<<>>ASSINAR@LER

POESIA ANTERIOR          NOVA MENSAGEM