A NINFA DO LAGO DOURADO OK
A NINFA DO LAGO DOURADO OK

  As imagens usadas neste site foram tiradas da net sem autoria das mesmas.

Caso alguém conheça o autor das imagens, agradeceremos se nos for comunicado,

para que possamos conferir os devidos créditos.

Grata<>Maju

 NINFA DO LAGO DOURADO

 

Entre Ninfas douradas e lagos encantados, te vi a dançar...

Em sonhos quis te enlaçar, mas de mim fugias

para em castelos ires te abrigar...

 Pontes movediças vi descer,

para este sonho te oferecer...

E seguistes!

 

Acorrentado, nada pude fazer...

Nada tinha pra te ofertar, a não ser o contato amoroso

e o calor que dei pra te aquecer...

Pensei que só com isso podias comigo viver...

 

Mas voastes! Muralhas transpusestes...

Sei que como Ninfa, tuas voláteis asas,

o chão não ias suportar...

Devias muito alto voar...

 

Subistes, e como eu, sonhastes...

Mas com castelos enfeitados que atraiam o teu olhar,

não percebestes que como Ninfa da Natureza,

as torres fechadas de um castelo,

não ias aquele calor suportar...

 

Tuas puras e transparentes asas podem a limpidez perder,

se em poços profundos de castelos misteriosos, fores te banhar...

Delicada fostes feita, para só em tranqüilos lagos bailar... 

Sinto em teu olhar, em teu revoar, onde queres chegar!...

De pura água, necessitas para sobreviver!

 

Não vá te esquecer!

Como Ninfa encantada,

podes teus sonhos, apenas sonhar!

Tens todo o poder de apenas sonhar!

 

Ninfas, Deus somente em lagos dourados,

de águas puras ás colocou...

E ordenou aos viajantes que as encontrassem,

somente com olhos de beleza as enxergassem...

Não as tocassem...

 

E à Elas falou:

Que a água pura e o alento à eles doassem,

 mas, em dourados castelos, somente em devaneios penetrassem...

As finas e delicadas asas

em pesadas e duras pedras, poderiam partir...

 

Ninfas não foram criadas,

para em castelos morar, mas em lagos dourados,

onde seu bailado de amor irão completar...

 

Um belo e encantado lago,

vou um dia te mostrar onde achar...

Sem castelos e príncipes enfeitiçados,

mas com Céu estrelado, painel de anjos

com harpas tocando e doces melodias desfiando...

Com clarins ressoando, te chamando,

à verdadeiramente amar...

Delicadamente aí te colocarei e sempre te amarei...

 

Lívio, um Anjo Poeta

  Psicografia: Maju

Copyrightmaju<>Todos os Direitos Reservados

 LIVRO DE VISITAS <> ASSINAR @ LER

POESIA ANTERIOR        NOVA POESIA